Alerta:O seu browserB.N.I. - Browser Não Identificado não é o mais indicado para ver este site porque não suporta Javascript.Active o javascript ou actualize-o por favor!

Adicionar aos Favoritos
Página Inicial | Turismo | Património | Arqueologia | Idade Média
Filtragem
Ver mais registos de  Arqueologia  |  Idade Média  |  Sabrosa
Idade Média
Muitas estações arqueológicas de períodos anteriores evidenciam de forma clara a ocupação medieval das mesmas, sobretudo através da presença de numerosos fragmentos cerâmicos.

No entanto, foram identificados vários vestígios datáveis da época medieval (séculos V a XV), dos quais se faz destaque para as sepulturas abertas na rocha das Touças (entre Garganta e Vilar de Celas), do Chão das Velhas (Arcã) e do Chão de Mouros (Donelo), assim como as duas sepulturas e as cabeceiras de sepultura discoidais descobertas no adro da Capela do Sr. Jesus de Sta. Marinha em Provesende

Necrópole das Touças (ou “Cemitério dos Mouros”) A necrópole das Touças está situada junto a um antigo caminho rural, que unia os lugares de Garganta e Vilar de Celas. É um local com excelentes condições para a agricultura e produção animal, sendo irrigado por um ribeiro que acompanha o caminho.Segundo algumas referências, esta necrópole estaria associada a um antigo povoado aberto mas, até agora, não se encontraram vestígios deste e os alinhamentos de pequenos muros e derrubes de pedra miúda de granito também não permitem elaborar qualquer hipótese.

Quanto à necrópole esta é constituída por cinco sepulturas, que apesar do mau estado de conservação, não correm o risco de ruína total. Destas três são duplas e duas simples. Cronologicamente estão todas associadas à Alta Idade Média, mais concretamente ao período da reconquista, ou seja, séculos X a XI. Identificadas como Sepultura 1 e 5 das Touças, as de estrutura simples encontram-se escavadas em blocos dispersos de granito, sem tampa e de planta sub-rectangular, apresentando as paredes laterais muito destruídas pela erosão.

As Sepulturas 2, 3 e 4 das Touças são de estrutura dupla e também se apresentam sem tampa e com uma configuração sub-rectangular. A Sepultura 4 das Touças foi escavada num pequeno afloramento granítico, ostentando um curto septo longitudinal a separar as duas cabeceiras. As restantes foram escavadas em blocos dispersos de granito.

Como curiosidade, junto da necrópole, encontram-se gravados na base de uma fraga granítica, ao nível do solo, no lado poente de um palheiro construído junto ao caminho rural, dois podomorfos com a orientação N – S.

Bibliografia António Alberto Huet de Bacelar Gonçalves, “Contribuição para o Inventário Arqueológico do Concelho de Sabrosa – Distrito de Vila Real”, in Separata da PORTVGALIA, Nova Série, Vols. XIII-XIV, Porto, 1992/93, pp. 173-217.; LOPO, Albino dos Santos Pereira, Apontamentos Arqueológicos, Instituto Português do Património Cultural, Lisboa, 1987, p. 179.; http://www.ipa.min-cultura.pt
© 2017 Município de Sabrosa. Termos de Utilização powered by Glups
Edital Nº 20170621 | 21-06-2017
Lista Unitária de Ordenação Final- Procedimento Concursal (Vigilantes)  [+]
Edital Nº 20170619 | 19-06-2017
2.ª alteração de mapa de pessoal 2017  [+]
Edital Nº 20170614 | 14-06-2017
Lista Intercalar - Vigilantes - 3º Método de Seleção  [+]
Mais Avisos e Editais [+]
Celeirós do Douro
Freguesia de Trás -os- Montes, concelho de Sabrosa,durante muitos anos anexa à freguesia de Vilarinho de S.Romão. Celeirós, terra famosa em todo o... [+]
Conheça todas as freguesias [+]
Junho 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
        01 02 03
04 05 06 07 08 09 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30  
Maio 2017 | Julho 2017
01 Jul. | Cultura
RAMAIS DO DOURO DESACTIVADOS [+]
Ver Agenda [+]
26-06-2017 | CULTURA
DIA NACIONAL DAS FILIPINAS FESTEJADO EM SABROSA [+]
19-06-2017 | CULTURA
20 ANOS DE GEMINAÇÃO COMEMORADOS EM CADAUJAC [+]
Mais Notícias [+]
Partida
Destino
Definir Percurso [+]
Mais fotografias [+]